2012/08/18

Brazilian Day 2012 - Tokyo



Primeira parte do texto publicada originalmente na Revista Vitrine #76. (゚▽^*) v


Ouviram do Parque Yoyogi as margens plácidas, de um povo heroico, o brado retumbante do berimbau e do pandeiro. E o sol da liberdade, em raios fúlgidos, brilhou no céu do Japão naquele instante! Gigante pela própria natureza, o Brazilian Day foi um sonho intenso, um raio vívido de amor e de esperança para mais de 30 mil pessoas nos dias 21 e 22 de julho, em Tokyo. (゚∀゚≡゚∀゚)

A sétima edição da maior festa verde-amarela da Ásia promoveu momentos de integração, emoção e descontração. Rodas de capoeira e samba davam o tom da festa pelos quatro cantos do parque. No palco, convidados ilustres, como Serginho Groisman e Preta Gil, animaram o matsuri brasileiro. Por todos os lados, gente feliz, sorrisos de orelha a orelha, esbanjando simpatia e samba no pé. Para dar ainda mais energia à galera, as barraquinhas de comes e bebes ofereciam caipirinha, pastel, tapioca, churrasquinho, feijoada e outras delícias de nossa culinária. (*≧ლ≦)

A alegria, a comida e o ritmo típicos do Brasil não atraíram somente os conterrâneos, mas também japoneses, peruanos, americanos, franceses e centenas de outras nacionalidades. Uma festa com jeitinho, sabor e ritmo brasileiros. Todos numa só sintonia, todos festejando com a mesma intensidade: Tokyo ficou pequena demais diante de tanto amor! ♥ \ (^ - ^) / ♥

Após esse lead que escrevi para a revista Vitrine... abaixo, meus comentários exclusivos para o blog! (ノ◕ヮ◕)ノ



Fui convidada pela IPC para cobrir o Brazilian Day 2012 para a Revista Vitrine, na qual trabalho há quase 6 meses. O Brazilian Day acontece todos os anos no Yoyogi Koen, um parque enorme de Shibuya.



Dá pra chegar lá descendo nas estações Harajuku (da linha JR Yamanote) ou Yoyogi Koen (da linha Tokyo Metro Chiyoda). Nós optamos por Harajuku, nem preciso dizer porquê, né? (*❤◯❤*)


Hihihihi! A Beta pira na moda urbana de Harajuku! (*/∀\*)



O Yoyogi Koen não é simplesmente um parque. É um parque genuíno DE Tokyo, com a CARA de Tokyo! A diversidade cultural encontrada nos quatro cantos do local é riquíssima: de dançarinos rockabilly no melhor estilo anos 50, passando por street dancers ensaiando novos passos debaixo da ponte até bandinhas independentes esperando sua vez para tocar no spot mais cobiçado do parque. ヾ( ^ω^)ノ

Olha só a filmagem que fiz dos dançarinos de rockabilly. Eu, que neeeem sou fã dos anos 50, neeeem gostei, né? (*´艸`)



Vale a pena tirar um dia só para conferir todas as atrações (gratuitas!) do recinto, com direito a cigarras cantando em uníssono com os artistas do parque, durante todo o verão! Uma combinação harmoniosa de vários talentos! \(^0^)/

Uma vez por ano, o parque divide espaço com o maior evento brasileiro de toda a Ásia, o Brazilian Day. A novidade é que dessa vez a festa aconteceu em julho, quando normalmente rola só em setembro. Ou seja... aconteceu no ápice do fervor do verão japonês! (。┰ω┰。)



Cantores, bandas e apresentadores vindos diretamente do Brasil dividem o palco com a galera da comunidade e também com artistas japoneses que incentivam a cultura brasileira. (*´∀`*)

Não vou tecer comentários sobre a festa, pois, como funcionária da IPC, fui ao Brazilian Day para trabalhar. No entanto, posso dizer com convicção que essa é uma festa muito bonita, organizada e monstruosa - no melhor sentido da palavra! Não é à toa que o número de pessoas aumenta a cada ano: 30 mil compareceram à festa, dentre eles (que pude perceber), brasileiros, peruanos, americanos, franceses, indianos, ingleses, filipinos, coreanos e, é claro, japoneses. Ao contrário do que muita gente julga, os japoneses adoram o Brasil! Eles se interessam muito pelo nosso futebol, pelas praias, pela bossa nova, pelo carnaval, pelas modelos, pelo jeitinho amigável e alegre do brasileiro e, é claro, pela comida, principalmente o churrasco e a famosa caipirinha. (#⌒∇⌒#)



Arrisco dizer até que vi mais japoneses do que brasileiros na festa, sempre se empanturrando nas barraquinhas de comes e bebes! Japonês ama comer, seja lá o que for! (○>艸<)☆(>艸<●)

E os japoneses se envolvem tanto nessa festa que cheguei a ver alguns sambando e dando beijinhos e abraços, além de arriscarem algumas palavras em português, que, por vezes, parecia mais um portunhol. Ficava difícil distinguir quem era japonês e quem era brasileiro! (⌒-⌒; )



Mas as barracas estavam tãããão cheias, e com taaaantas coisas esgotadas, que nem tentei comprar nada. Pelo que contei, havia barracas com 20 minutos de espera na fila! Loucura total! (((╹д╹;)))



Comi たこ焼き (takoyaki = bolinho de polvo que eu venero) mesmo, que era uma das poucas barracas vazias, e pronto! Não é à toa que dizem que, apesar de não ter ascendência, sequer olhos puxados, pareço mais japonesa do que brasileira... e eu assino embaixo! Sou brasileira, mas minha alma é japonesa! Viva o Takoyaki! Viva o Japão, meu amor verdadeiro! (◡‿◡*)❤


Adorei esse Fujinho verde-amarelo!  /^o^\


Jornalista ganha uma miséria, vive sob pressão e dorme mal, mas todas as mazelas da profissão desaparecem instantaneamente com uma credencial nas mãos. E credencial é sinônimo de passaporte para os bastidores! As maiores vantagens de se trabalhar na imprensa são justamente os convites para cobrir eventos! Comida e bebida de graça, poder entrar e sair do local quando quiser enquanto os pobres mortais morrem de inveja de você, vista privilegiada das atrações no palco e, é claro, livre acesso aos artistas! ψ(*`ー´)ψ



Entrevistei o Serginho Groisman e, de quebra, ainda tirei uma foto com ele e o jornalista Roberto Kovalick, que chegou a ganhar um prêmio pelas reportagens feitas sobre o desastre no nordeste do Japão, no ano passado. Os dois são profissionais super humildes, carismáticos e inteligentes. Aquilo que você vê na TV, eles são na vida real! ヽ(o・∀・)ノ



Não é à toa que o Serginho seja o apresentador mais querido dos brasileiros que moram no Japão: todos os anos, ele transmite um pouco da alegria, esperança, paz e otimismo tipicamente brasileiros aos conterrâneos que morrem de saudades da pátria amada. No palco, o Serginho leu uma mensagem que falava sobre os momentos difíceis que os japoneses passaram nos últimos tempos, como o grande terremoto seguido de tsunami que assolou o nordeste do país no ano passado e os tufões que atingiram o arquipélago recentemente.  (இдஇ; )

Para espantar a tristeza, Serginho desceu do palco para conversar com a plateia. Essa foi a sexta visita de Serginho ao Japão e o apresentador não esconde seu amor pela comunidade. "As cidades crescem, a personalidade das pessoas muda com as catástrofes, mas o povo brasileiro é sempre essa alegria! O pessoal sempre me trata super bem, eles veem um pouco do Brasil em mim e querem matar um pouco dessa saudade", declarou. 。;+*(★`∪´☆)*+;。 



Também pude entrevistar a ganhadora do Garota Brazilian Day 2012, a Yuri Suzuki, 23 anos. A grande vencedora do concurso, moradora de Gifu, contou que se surpreendeu com a vitória. "Ainda não caiu a ficha! De tantas meninas bonitas, fui a escolhida, foi surreal. Na hora que falaram meu nome, senti meu corpo mole, um frio na barriga", disse. Yuri, que trabalha em fábrica e que nunca havia participado de um concurso de beleza deste porte, revelou que não há segredos para vencer. "Sorria e seja simpática. É importante não desistir e ter confiança em si mesma", aconselhou. (☆^ω^★)

Com a credencial pendurada no pescoço, fica mais fácil e mais glamoroso se aproximar do público. Conversei com quatro pessoas que compareceram ao evento. Dá só uma olhada no relato delas:




"Esse é o quinto Brazilian Day que prestigiamos e é sempre ótimo ver essa união dos brasileiros. A gente se sente no Brasil. É muito bom para matar as saudades!"
Suzane e César Wakukawa, Tochigi



"Eu, como todo brasileiro, adoro uma festa! Estamos tão longe de casa, dos amigos e da música brasileira, mas chega o Brazilian Day e a gente se solta, dança e extravasa. Só o Brazilian Day nos proporciona matar as saudades de casa com tanta alegria!"
Tatiane Keiko Kina, Tokorozawa, Saitama



"Venho todos os anos pois tenho muitos amigos brasileiros e adoro a cultura brasileira. Sempre me divirto muito no Brazilian Day!"
Jon, americano vivendo há 54 anos no Japão, atualmente mora em Tokyo




Preta Gil, a grande atração da festa, montou um repertório especial para fazer todo mundo pular e mostrar o rebolado. Como havia prometido, no show rolou de tudo: desde sertanejo, passando por axé, samba e pagode, até mpb e forró. Preta chamou o público para subir ao palco e festejar junto com ela. "Essa festa não é só minha, é de todos vocês!", exclamou. Ela, que se surpreendeu com o gingado dos japoneses, aposta nessa mistura deliciosa do Brasil com o Japão. "Gosto de trazer as pessoas para o palco para que elas também possam viver esse momento de glamour, de ser aplaudida pelo povo. Várias mulheres sambavam como mulatas do carnaval do Rio de Janeiro!", conta. Preta cantou sucessos próprios e de outros artistas. Ela aproveitou o momento para homenagear o pai, Gilberto Gil, com a composição Aquele Abraço. Para sacudir a galera, a cantora interpretou músicas que estão bombando nas paradas brasileiras e o resultado não podia ser diferente: o público dançou e pulou animado, cantando em coro cada verso, em uníssono com a cantora carioca. (((o(*゚▽゚*)o)))



Após o show da Preta Gil, houve uma rápida coletiva nos bastidores. Não consegui uma exclusiva para a Vitrine por motivos de "força maior" (lê-se: pessoas arrogantes, mal educadas e egoístas), mas ninguém, fora a TV, conseguiu. Mas a Preta era só emoção. "Quando entrei e vi a multidão, me emocionei. Segurei o choro muitas vezes durante o show, outras vezes não consegui e me deixei emocionar. Saio daqui elevo ao Brasil um coração cheio de amor, transbordando", contou, emocionadíssima. Ela se encantou tanto com a gentileza e a educação dos japoneses que agora pretende trazer o filho Francisco, de 17 anos, para fazer intercâmbio para "deixar de ser bagunceiro"!  \(^ω^\)



Brazilian Day 2012 ficará marcado nos corações de todos aqueles que morrem de saudades da Pátria Amada, Brasil, o que, definitivamente, não é meu caso, hahaha! ★あ(^-^) り(-^ ) が(  ) と( ^-) う\(^0^)/★



Para mais informações sobre o Brazilian Day, leia a Revista Vitrine edição 76!


7 comentários:

  1. Ta podendo heim, muie?!
    Mas nada melhor que trabalhar com aquilo que mais gosta, e no pais que tanto gosta, ne?!
    Roberta, li um post seu no qual vc relata que gostaria de morar no Japao para sempre ou ate enjoar, esse enjoo de fato existe?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente? Do fundo do meu coração? Quanto mais eu vivo aqui, quanto mais eu aprendo japonês, quanto mais eu conheço os japoneses, quanto mais eu leio notícias sobre o Brasil... mais eu amo o Japão! Estou aqui há quase 3 anos e esse amor só aumenta. Nunca pensei em ir embora, muito menos voltar pra terrinha. Se eu puder, fico aqui até a morte.

      Excluir
  2. Yo gostaria de fazer uma parceria com a nossa webradio?
    - Nome do site: Rádio Asia Mix
    - Url: http://www.radioasiamix.com.br/
    - Email: comercial@radioasiamix.com.br
    OBS: Parceria pode ser por banner ou player, onde seria melhor por player (não possui autostart).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Aceito parceria com banner. Poderia me enviar o banner de vocês para incluir no blog?

      Grata.

      Excluir
  3. Olá!!
    Fiquei sabendo desse Brasilian Day quando fui ao Festival do Japão, aqui em São Paulo!!
    Mais adoraria ver um evento brasileiro em terras nipônicas!! *__*
    Aquele começo do post me deixou com muita vontade de ler essa revista. Pena que é algo meio impossível, pois moro no Brasil!! =/

    Adoro ler o que você escreve. Muito sucesso na carreira!!

    http://naty-land.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arigatou, Naty!
      Nós estamos com um projeto engavetado há meses de voltar a digitalizar a Revista Vitrine. Quem sabe, logo logo, vocês aí no Brasil também conseguem ler a nossa revista?! ;D

      Excluir
  4. Muito chique você cobrindo o evento, entrevistando o Serginho, etc! hahaha
    Adorei, Beta!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário para o casal de Iwata! ^^